Um dos lugares mais incríveis que visitamos na Islândia, se realmente for possível eleger o que é mais incrível neste país, foi a caverna de gelo do Glaciar Vatnajökull, a mais volumosa geleira do continente europeu.

É realmente difícil de acreditar, mas aqui na Islândia o contato com a natureza chega a ter esse nível de profundidade!

Para fazer esta visita, por questões de segurança, é preciso contratar um guia ou uma agência autorizada. Nós escolhemos fazer a visita com a Ice Explores.

O ponto de encontro com o guia da Ice Explores fica na famosa Lagoa Glacial de Jökulsárlón. De lá, pegamos um carro super preparado para as terras vulcânicas offroad da Islândia, numa viagem de cerca de 30 minutos.

Caverna de gelo Islândia
Carro que nos levou até o Glaciar Vatnajökull

Depois caminhamos por menos de dois quilômetros debaixo de uma tempestade de neve até alcançarmos a geleira. No caminho, pudemos conhecer melhor o nosso guia, o Davíð, um autêntico islandês que foi todo o caminho nos contando curiosidades sobre a vida na Islândia e como esta região se tornou tão turística na última década.

Segundo ele, anos atrás, a única região turística da Islândia rodeava a capital Reykjavík. Porém, o turismo foi crescendo no país e os antigos fazendeiros da região do glaciar Vatnajökull começaram a explorar o turismo no gelo.

A “descoberta” das cavernas de gelo aconteceu quando o dono de uma pequena hospedaria na região começou a levar os hóspedes para conhecerem o interior azul do imponente glaciar. E de lá pra cá, esta visita às cavernas de gelo islandesas ficou cada vez mais popular, expandindo o turismo para além da região mais populosa do país. E realmente os turistas que antigamente não visitavam o glaciar não sabiam o que estavam perdendo, pois é a experiência é mágica!

O glaciar cobre 8% de todo o território da Islândia e, em algumas partes, o gelo chega a ter até mil metros de profundidade.

Já em outros pontos, cavernas de gelo formam passagens para nós, seres humanos, ingressarmos em um mundo completamente inabitável. A cada ano as cavernas são diferentes, pois o gelo vai derretendo no verão e criando rios volumosos dentro do glaciar. Quando chega o inverno, as cavernas vão congelando novamente e moldando um mundo diferente dentro da geleira. Este fato torna a experiência ainda mais incrível, pois você sabe que está dentro de uma caverna de gelo que a cada dia está se transformando em uma paisagem diferente.

O gelo no interior da caverna da geleira.

Dentro da caverna, a luz do sol atravessa as texturas e formas bem peculiares das paredes de gelo, colorindo a caverna com um azul muito intenso. Foi um momento inexplicável de conexão com a natureza, ainda mais se pensarmos que esse mesmo glaciar pode desaparecer em poucas décadas.

O valor do tour custa cerca 110 euros por pessoa e pode ser feito entre os meses de setembro a março, já que no verão as cavernas descongelam. Se você está planejando sua viagem para a Islândia, recomendamos separar uma manhã ou uma tarde para visitar. Clique aqui e reserve pelo site da Ice Explores.

Uma dica importante: se for possível, tente visitar o glaciar de preferência em uma dia ensolarado, com o céu limpo, pois a luminosidade externa é muito importante para “colorir” o interior da caverna de gelo com este azul intenso que você vê nas fotos!

Deixe uma resposta